20.7.10

A magia do acaso

Por um desses acasos da vida, fiquei emocionado ao ler a coluna de Alcione Araújo, publicada no jornal Estado de Minas em 12 de julho de 2010.

Após formar em cinema e em roteiro nos E.U.A., retornei para o Brasil e fui logo procurar pessoas da área em busca de emprego. A primeira pessoa com a qual conversei foi Alcione Araújo, amigo de meu pai na época escolar. Lembro que o encontro aconteceu em janeiro de 2001 no apartamento dele no Rio de Janeiro.

Recordo daquele dia como se fosse hoje: Alcione, no local onde trabalha, cercado de livros, foi logo falando que cinema é um ramo complicadíssimo no Brasil. O mercado de roteiro, pior ainda. Apesar do "choque de realidade", quase um balde de água fria, ele me passou alguns contatos para procurar no Rio e pronto. Nos despedimos e nove anos se passaram.

Até que no último domingo, a tia da minha esposa me presenteou com uma coluna que Alcione escreveu sobre um vídeo que viu no Youtube e adorou. Imediatamente procurei o telefone dele em cadernos antigos de anotações. Liguei para ele e fui logo me apresentando: "Oi Alcione, é o Rusty Marcellini quem está falando. Sou o autor do vídeo que você elogiou no jornal". "Quem?" "O Rusty. Estive na sua casa em 2001. Você é amigo do meu pai. Fomos antes tomar um café no Garcia e Rodrigues. Lembra?". Ele lembrou. Disse então que não havia prestado atenção no nome do realizador do vídeo. "Nossa garoto, que barato! Foi você que fez aquele vídeo?", disse. "Agora sim eu lembro de você. E lembro também o quanto eu te desiludi em tentar seguir a vida no cinema. Mas que legal que você foi em frente".

Continuamos conversando por pelo menos mais dez minutos. Batendo papo, ambos encantados com a coincidência do ocorrido.

Até que desliguei o telefone e pensei por alguns minutos no quão peculiar é o acaso quando aparece em momentos da vida. Pois é um instante mágico e raro.



Obs: o vídeo sobre a Mercearia Paraopeba pode ser assistido clicando aqui.



(Para melhor visualizar a coluna, favor clicar sobre a foto abaixo)

3 comentários:

J.Universo disse...

Prezado Rusty, ontem, recebi um e-mailde uma amiga do Rio (Helena)falando do vídeo sobre a Mercearia Paraopeba de Itabirito, e me enviou o arquivo anexado. Revi, revi e tomei uma decisão, semana que vem irei a Itabirito conhecer a mercearia e fazer algumas fotos. Ela elogiou seu trabalho e o quanto ele é importante para divulgar esses bravos resistentes que foram aniquilados com a chegada dos superfriosmercados.
Grande abraço do Universo.

Raskólhnikov disse...

qual é o vídeo Rusty?

Rusty Marcellini disse...

Oi Raskólhnikov,
coloquei o link para o vídeo na postagem acima.
abraço,
Rusty,